HISTÓRIA DO 2014 FIAT FREEMONT PRECISION

O Freemont é um SUV crossover de porte-médio fabricado pela Fiat. Um dos primeiros produtos que a Fiat e a Dodge comercializaram juntas a partir da formação da Fiat Chrysler Automobiles, é uma copia quase idêntica ao Dodge Journey, mas com diferenças como acabamento superior, equipamentos, 5 lugares (versão Precision 7 lugares) e ambos motor e câmbio menores. O modelo possui diversos itens de segurança como: Controle Eletrônico de Estabilidade (ESP), Sistema Eletrônico Anticapotamento (ERM), Controle de Trailer (TSC) e Controle de Tração (ASR).

O Fiat Freemont foi apresentado aos brasileiros no dia 10 de agosto de 2011. 

Fiat Freemont Precision:  Traz a terceira fileira de bancos, além de ar-condicionado automático digital com três zonas de temperatura, airbags laterais e de cortina, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, barras de teto longitudinal e transversal ajustável, banco do motorista com ajustes elétricos, rodas de liga-leve de 17 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, retrovisores externos com rebatimento elétrico, destravamento das portas e partida do motor sem chave, retrovisor interno antiofuscante, retrovisores externos com antiembaçamento, entre outros. Como opcional, podia receber bancos com revestimento em couro e teto solar elétrico.

Na linha 2014, o Fiat Freemont traz como principal novidade o câmbio automático de seis marchas, que substitui o de quatro.

Derivado do Dodge Journey – que permanecerá no mercado brasileiro (passará por um ‘facelift’ em breve) oferecido apenas com motor V6 -, o Freemont traz motor 2.4 a gasolina de 172 cavalos de potência a 6.000 RPM e torque de 22,4 MKGF a 4.500 RPM. Trata-se do mesmo propulsor utilizado pelo ‘aposentado’ Chrysler PT Cruiser, mas com pequenas evoluções, especialmente materiais (há maior número de peças em alumínio).

A primeira boa impressão fica por conta do silêncio na cabine. O isolamento acústico foi muito bem feito. Trafegando a 120 km/h, o velocímetro marca somente 2.500 RPM e é possível conversar com os demais ocupantes sem ter que levantar a voz.

Espaço também é o forte do Freemont. Todos os ocupantes viajam sem problemas nas duas primeiras fileiras de bancos. Na terceira – disponível também apenas na opção Precision –, as pessoas de estatura mediana (até 1,75 m) também não encontram problemas com a cabeça ou com as pernas. As portas traseiras com abertura de 90° facilitam o acesso. Com os sete lugares ‘armados’, a capacidade de carga é reduzida para 145 litros.

O motorista também é bem tratado. Com ajustes elétricos do banco, é possível encontrar a melhor posição ao volante sem dificuldades (destaque para a excelente visibilidade). A tarefa é facilitada com as regulagens de altura e profundidade da coluna de direção.

Escrito por: Juliana Barros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s